A Austrália é um país que causa fascínio a muita gente, e eu não fiquei indiferente a tal país tão longe do nosso cantinho. Na verdade, a Austrália é quase longe de tudo, até mesmo da própria Austrália! Voar de Sydney a Perth, duas cidades em costas opostas do mesmo país, demora mais do que voar de Singapura a Perth! Só para terem uma pequena ideia do quão grande é aquele país!

Eu tive a sorte e a oportunidade de poder viajar por dois meses pela Austrália, e apesar de ser “apenas” um país, é gigante! Dois meses passaram a voar e senti que estava constantemente a correr e nem visitei metade das coisas que queria visitar. Nesses dois meses também aprendi imenso sobre aquele país, histórias que quero partilhar convosco!

Bandeira da Austrália
Bandeira da Austrália

Capital: Camberra
Idioma oficial: Inglês
Moeda: Dólar Australiano [ $ ]
Fusos horários: Inverno: UTC+8; +9.5; +10 Verão: UTC+8; +9.5; +10; +10.5; +11
Área total: 7 692 024 km2
População: 25 494 900
Condução: à esquerda
Clima: devido ao grande tamanho do país, a Austrália tem várias zonas climáticas. De uma forma mais geral, a secção norte da Austrália tem um clima mais tropical, quente e húmido no verão, e quente e seco durante o inverno. Na parte sul os verões são menos intensos e um pouco mais frios, e com alguns invernos chuvosos. Mas sendo um país tão grande, um continente, torna-se complicado de generalizar o clima em apenas duas secções. A Austrália tem desertos, tem montanhas, tem outra ilha grande mais a sul (Tasmânia), e muitos outros sub-climas que não cabem numa generalização tão grande como a acima mencionada.

Um pouco da história da Austrália

A Austrália, como país do novo Mundo, tem uma história muito recente. Existem teorias de como foram os portugueses os primeiros a chegar ao continente australiano, no entanto ainda sem factos comprovados. Alguns mapas anteriores à descoberta oficial da Austrália indicam que de facto poderá ter sido descoberta pelos portugueses, foram também encontrados canhões em naufrágios no norte da Austrália que se assemelham aos canhões usados pela coroa portuguesa nessa mesma época. E até numa das teorias se sugere que os portugueses naufragaram na Austrália e se integraram com as comunidades aborígenes locais influenciando os seus dialectos.

Entretanto, a descoberta oficial fica atribuída aos holandeses que encontraram e traçaram o mapa da costa oeste do cabo de York, no norte da Austrália. Ainda assim, acabaram por não colonizar o continente. Só uns anos mais tarde, em 1770, é que o famoso capitão Cook navegou pela costa este da Austrália e começou o processo de colonização. Esse processo deu origem à criação de uma colónia penal, na Nova Gales do Sul (e mais tarde também nas outras regiões).

Booking.com

Devido a invasão europeia, a comunidade aborígene sofreu uma grande quebra em números. Desde genocídios, a doenças para as quais os nativos não tinham defesas, ao também chamado de Gerações Roubadas em que várias crianças foram separadas das comunidades com vista a serem cristianizadas. No entanto, tudo isto continua a ser disputado pelas autoridades que ainda não reconhecem a responsabilidade pelo grande impacto da invasão europeia na população nativa australiana.

Uma das coisas que aprendi enquanto viajei pelo país, foi a presença da Austrália em ambas as Grandes Guerras. É algo que pouco se fala na escola, o maior foco é sempre os principais países envolvidos nas Guerras Mundiais, mas muito pouco sobre os restantes. Quando visitei o Museu da Guerra em Camberra aprendi imenso, e fiquei a saber que não só tiveram a guerra às portas de casa, mas também vieram ajudar na Europa!

Algumas curiosidades sobre a Austrália

  1. 21 das 25 espécies mais venenosas de cobras são nativas da Austrália.
  2. A maior quinta de gado do mundo fica na Austrália, e é maior do que Israel!
  3. 4 em 5 australianos vivem a menos de 50km da costa, basicamente a menos de 1 hora da praia!
  4. O ex-primeiro-ministro Bob Hawke bateu o record de beber 2,5 pints de cerveja em 11 segundos! Mais tarde ele disse que essa era a razão do seu sucesso politico
  5. O primeiro corpo policial foi constituído pelos condenados mais bem comportados (a Austrália era uma colónia prisional)
  6. A maior ilha de areia do mundo fica na Austrália, a ilha Fraser
  7. Se visitar uma praia diferente todos os dias, demoraria 29 anos a visitar todas as praias da Austrália! São 10 685!!
  8. A Grande Barreira de Coral é a maior estrutura viva do planeta
  9. Tão grande que até tem o seu posto de Correios!
  10. Existem 60 regiões de vinho na Austrália
  11. A Austrália é o 6º maior país do mundo
  12. Existem mais de 1 milhão de camelos selvagens no deserto australiano, o maior número de camelos de raça pura do mundo
  13. Os camelos não são nativos da Austrália, são uma espécie introduzida que ficou fora de controlo
  14. A Austrália exporta os seus camelos para o Médio Oriente
  15. O cocó dos Wombat são em cubos
  16. Um canguru quando nasce mede apenas 2 centimetros
  17. Existem mais de 60 espécies de cangurus
  18. A carne de canguru pode ser comprada nos supermercados e é mais saudável e com muito menos gordura do que carne de vaca ou carneiro
  19. Nos Alpes Australianos neva mais por ano do que na Suíça
  20. A civilização aborígene é a mais antiga do mundo
  21. Existem vários lagos cor-de-rosa na Austrália Ocidental, como o Lago Hillier
  22. A Austrália tem 19 locais inscritos na lista de Património da Humanidade da UNESCO
  23. Um terço da população australiana nasceu noutro país
  24. Mais de 300 idiomas e dialectos são falados na Austrália, incluíndo 45 idiomas indígenas
  25. Acredita-se que a prova mais antiga de vida na terra se encontra na Austrália Ocidental, o Estromatólito

Qual a melhor altura para visitar a Austrália?

A Austrália sendo um continente só por si, é óbvio que não dá para generalizar qual a melhor altura para visitar. No entanto dá para sugerir que zonas visitar e em que alturas do ano.

Não viaje sem Seguro de Viagem!

Recomendo vivamente a World Nomads, seguros especializados para viajantes. Bem detalhados antes de os riscos acontecerem!

Como não visitei a Tasmânia nem a Austrália Ocidental, as minhas sugestões sobre estes dois estados australianos são apenas com base em pesquisas que fiz, no entanto tudo o resto é com base na minha experiência pessoal (e também em pesquisas).

A melhor altura para visitar a Costa Este

A Costa Este da Austrália é a rota mais visitada do país, extende-se entre Melbourne e Cairns. Foi exactamente essa a rota que fiz, de autocarro, de cidade em cidade. Colocando o mapa da Austrália sobre a Europa, a Costa Este equivale a ir do Algarve à Noruega ou Suécia!

Camberra e Sydney

Camberra é a capital da Austrália e fica num micro-estado chamado de Território da Capital Australiana, que por sua vez fica dentro do estado Nova Gales do Sul.

Apesar de Sydney e Camberra estarem na mesma zona, Sydney fica na costa enquanto Camberra fica no interior, como tal as diferenças climáticas são algumas. No entanto ainda assim dá para generalizar um pouco no que respeita à altura recomendada para visitar estas cidades.

Ponte de Sydney
Ponte de Sydney

O clima em geral é agradável durante o ano todo, com temperaturas entre os 15ºC e 30ºC, com alguma chuva durante o ano todo. E com água do mar também agradável.

Os melhores meses para visitar esta zona são de Outubro a April, pois é a altura do Verão no hemisfério sul. No entanto, para quem gosta de neve, o Monte Kosciuszko fica na Nova Gales do Sul e é o ponto mais alto da Austrália, com muita neve o que não é habitual na Austrália.

Queensland (Brisbane, Gold Coast e Cairns)

Queensland é o segundo maior estado da Austrália, e o maior da Costa Este. É conhecido como o Estado Solarengo, aliás, até nas matriculas dos carros se vê “Sunshine State“. No entanto, também fica no Trópico de Capricórnio, ou seja, clima tropical…

Basicamente, pode-se visitar este estado durante o ano todo. No Verão com temperaturas a rondar os 30º-35ºC, e no Inverno um pouco mais frio na onda dos 25º.

Vista em Middle Island - Agnes Water
Middle Island – Agnes Water

Mais próximo do Norte do país, como em Cairns, recomendo a evitarem visitar durante os meses de Verão. Sim, é mais quente. Mas sendo clima tropical, também é a altura de chuvas intensas, ao ponto de algumas estradas ficarem intransitáveis. Os melhores meses para visitar são de Junho a Outubro, apesar de ser considerado como tempo de Inferno, as temperaturas estão bastante agradáveis e com muito menos chuva. No entanto estive neste estado no mês de Março, e de facto vi muita chuva, mas tive a sorte de só apanhar chuva enquanto estava em viagem entre cidades, e nunca durante as minhas actividades!

A melhor altura para visitar o sul da Austrália

Adelaide e ilha Canguru (Kangaroo Island)

Adelaide não é uma cidade tão popular como Sydney ou Melbourne, mas também merece uma visita. Quanto à ilha Canguru (será que devemos traduzir mesmo este nome?), então aí a recomendação passa para quase obrigatória!

Para quem vem de Portugal, o clima é bastante similar, um clima semelhante ao Mediterrâneo, com verões quentes e secos e com muita pouca chuva durante esses meses. A temperatura média anda pelos 27ºC, mas a água do mar já é um pouco mais fria. Mais uma vez, bastante semelhante à costa portuguesa, com uns refrescantes 19ºC!

Booking.com

Os melhores meses para visitar esta parte da Austrália é durante os meses de Verão, de Dezembro a Março, no entanto qualquer altura é uma boa altura para visitar esta zona. Só terão de levar um pouco mais de roupa.

Melbourne e Great Ocean Road

Muito semelhante à zona da Austrália Meridional, o estado de Victória onde Melbourne é a capital tem um clima muito ameno também. Com temperaturas na ordem dos 26º durante os meses de Verão, e por volta de 12º nos meses de Inverno.

A Great Ocean Road é uma rota de 243 km que começa bem perto de Melbourne e que passa por parte da costa do estado de Victória em direcção a Adelaide. Sendo bem perto de Melbourne, não será de estranhar que o clima seja bem semelhante ao de Melbourne. No entanto, tem uma pequena desvantagem, as moscas durante o Verão. Pessoalmente não senti nada disto, mas também percorri essa rota já no início do Outono, mas antes de lá chegar fui avisado por várias vezes que existem muitas moscas. Se for como senti na zona do Outback…, então o aviso será para ter em conta.

Quanto aos melhores meses para visitar, de Novembro a Março é o recomendado, mas também são os meses mais turísticos. Eu cheguei a Melbourne em Fevereiro (completamente trocado com os fusos horários), e depois terminei a minha viagem em Melbourne já em Abril, que foi quando fiz a Great Ocean Road. Nessa altura, além de algum frio, senti que foi uma excelente altura para visitar. Poucos turistas, fácil de encontrar alojamento sem ter nada planeado, e as paisagens igualmente lindas.

A melhor altura para visitar o Outback australiano

Uluru, Kata Tjuta, Kings Canyon e Coober Pedy

Decidi juntar estes locais sob uma mesma área de recomendação, pois estão relativamente perto (isto numa escala australiana…, ou seja, menos de 6 horas de distância entre estes locais), e porque fazem parte do centro da Austrália.

A primeira coisa que recomendo antes de visitarem esta zona da Austrália é a comprarem uma rede anti-moscas para colocarem na cabeça. Não, não é piada, é mesmo uma sugestão a sério. Durante os meses quentes a quantidade de moscas é tal que nem dá para falar, as moscas entram dentro da boca, nariz, ouvidos. É simplesmente horrível! Mas com uma rede pela cabeça abaixo, este problema passa a ser uma mera distracção. Sim, vão continuar a ter moscas a tocar-vos nos braços e afins, mas pelo menos não vão entrar em alguns orifícios dos vossos corpos…

Levem imensa água. É extremamente importante. O calor é seco e podem nem dar por isso de que estão a desidratar, é frequente pessoas desmaiarem por desidratação. E depois as noites podem ser bastante frias, portanto se fazem intenções de acamparem, convém também estarem preparados para temperaturas por volta dos 4ºC durante a noite, com um contraste de 40º durante o dia.

Tendo isto tudo em conta, a minha sugestão é irem já no Outono. Menos moscas (ainda assim tive de comprar uma rede), temperaturas mais aceitáveis e mais fácil de fazerem os hikes fantásticos à volta do Parque Nacional de Uluru e Kata Tjuta, e Kings Canyon e continuam a desfrutar de muito sol sem muito calor.

Em suma, os melhores meses que recomendo para visitar o Outback são de Junho a Agosto, e os que definitivamente recomendo a evitarem são de Janeiro a Fevereiro. Todos os outros meses são razoavelmente aceitáveis. Mas como em tudo o que diz respeito ao clima, de um dia para o outro as condições podem mudar.

A melhor altura para visitar a Tasmânia

Agora chega à altura das recomendações unicamente com base em pesquisas. Ao contrário do que muita gente pensa, dois meses não dá nem sobra para visitar a Austrália toda! Foram dois meses muito intensos e nem deu para ver metade, e infelizmente a Tasmânia foi uma dessas zonas onde não tive tempo de visitar.

Booking.com

Conheço algumas pessoas que já foram à Tasmânia, e a base de comparação é sempre com a Irlanda (não fosse eu estar a viver na Irlanda). Dizem que o clima é muito semelhante, com Verões um pouco melhores do que na Irlanda e no Reino Unido. Ainda assim, até pelas pesquisas que fiz, a comparação é bem semelhante. Com sugestão de visitar entre Outubro e Março, a época de Verão no Hemisfério Sul, em que tudo está bem verdinho e colorido logo após a Primavera!

A melhor altura para visitar a Austrália Ocidental

A par com a Tasmânia, também não tive tempo nem oportunidade de visitar a Austrália Ocidental. Aliás, se virem bem o mapa da Austrália vão ver que só este estado é quase metade do país todo! Agora imaginem, se em dois meses andei a correr para visitar a outra parte…, quanto tempo não iria precisar para conhecer o país todo?

Devido ao tamanho deste estado, em que parte está já no Trópico de Capricórnio e a outra parte abaixo, acho que é fácil de perceber que dá para passar por vários tipos de clima enquanto se cruza de cima a baixo.

No norte da Austrália Ocidental as temperaturas podem chegar aos 40º (e até mais), com a época das chuvas durante o Verão, tal como em Queensland. O grande problema de viajar por estes estados durante a época das chuvas é mesmo o estado das estradas, são estados mesmo muito grandes em que podemos estar várias horas a conduzir sem ver vivalma, e em certas partes por estradas de terra batida. Agora imaginem conduzir em estradas de terra batida durante a época das chuvas? Não vão faltar inundações…

Coobe Pedy, cidade mineira de opalas no centro da Austrália
Coobe Pedy, cidade mineira de opalas

Em contrapartida, a vantagem de viajar durante esta altura é que também há muito menos turistas, ou seja, mais oferta de alojamento e preços mais baixos.

Durante o Inverno, as probabilidades de chuva são muito baixas. Estranho, não? Pois, é assim que os climas tropicais funcionam…

Mais a sul, na zona de Perth e sul, o clima é mais semelhante ao nosso, Mediterrâneo. Ou seja, qualquer altura do ano é uma boa altura para visitar, com melhores probabilidades de bom tempo durante o Verão.

Generalizar qual a melhor altura para visitar um estado tão grande é irrealista, a minha sugestão passa por começarem de Inverno no norte e irem descendo até ao sul, a tempo de apanharem o Verão.

Roteiros recomendados e artigos sobre a Austrália

Roteiros e sugestões de destinos na Austrália

Outros artigos

Publicado por Gil Sousa

Português emigrado em Cork, viajante e apreciador de boa comida.

Deixe um comentário

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: