Categorias
Europa

Visitar Vaduz, a capital do Liechtenstein, num dia

Já alguma vez ouviram falar no Liechtenstein? Um pequeno país que fica entre a Suíça e a Áustria, tão pequeno que demorei 20 minutos de autocarro a atravessá-lo! A sua capital é Vaduz, e ainda sendo um país tão pequeno, consegue ter uma cidade ainda maior do que a capital!

Quem passa por Vaduz frequentemente comete o mesmo erro que eu, não dedica tempo suficiente para conhecer a cidade. E depois, descobrem uma cidade até bastante interessante e cheia de história, mas sem tempo para a aproveitar devidamente. Eu apenas tinha cerca de 4 horas para conhecer a cidade, então não deu para conhecer museus por dentro. Mas não faltam opções! E até para quem tem apenas duas horas, dá para conhecer bastante da pequena cidade e andar bastante!

Ponte Velha sobre o Rio Reno

Uma das fronteiras naturais do Liechtenstein é o Rio Reno, e neste trecho do rio a proximidade entre as margens é muito curta. Tão curta, que em algumas partes até dá para atravessar a pé (se o fluxo da água não estiver demasiado forte).

Ponte Velha sobre o Rio Reno
Ponte Velha sobre o Rio Reno

A Ponte Velha sobre o Rio Reno é a única ponte de madeira em existência a atravessar o rio. O trânsito é condicionado a veículos motorizados, o que torna este percurso bastante popular entre ciclistas e pedestres. E claro está, que tinha de passar para o lado Suíço a pé!

A ponte tem várias características interessantes, o facto de ser coberta e toda de madeira são das mais evidentes, mas o facto de ser uma ponte centenária (erguida em 1901) faz dela um monumento local, daí não dispensar a visita. São 135 metros de uma obra de engenharia que perdura até aos nossos dias!

Caminhada até ao Castelo de Vaduz

Quando fui ao ponto de turismo disseram-me que o Castelo de Vaduz está fechado ao público, visto que é a residência oficial do Príncipe do Liechtenstein. No entanto recomendaram-me vivamente a fazer a caminhada até ao castelo para ver as vistas, e pelo percurso em si.

É uma caminhada que ainda demora um bom bocado, salvo erro, ao todo demorei mais de uma hora para ir e voltar. Mas também parei imensas vezes para apreciar a vista sobre a cidade e o Rio Reno. Portanto uma hora nem é assim tão mau!

Vista para o Castelo de Vaduz
Vista para o Castelo de Vaduz

Pelo caminho dá para aprender imenso sobre o pequeno país, sobre a cidade e sobre a familia real. Sim, eu escrevi bem, dá para aprender imenso a caminho do castelo! Existem várias placas que explicam muitos da história do país, como o governo é formado, os poderes do rei, do governo e do povo. É uma autêntica aula de história na rua!

Para mim, a caminhada até ao Castelo Vaduz foi o ponto alto da minha visita à cidade. Aprendi imenso, e deu para um pouco de exercício físico!

O caminho está devidamente sinalizado, é fácil de encontrar e de o seguir. Mas em caso de dúvida, vale sempre a pena ir ao ponto de turismo e pedir um mapa da cidade, e claro, algumas sugestões do que visitar.

Catedral de São Florin

Como referi antes, não tive a oportunidade de visitar nenhum dos pontos de interesse por dentro, e claro, a catedral não foi excepção. Na verdade nem é uma catedral, mas sim uma igreja e nem é assim tão grande quanto isso. Mas é a igreja mais importante do país, daí ser designada como Catedral de Vaduz.

Não viaje sem Seguro de Viagem!

Recomendo vivamente a World Nomads, seguros especializados para viajantes. Bem detalhados antes de os riscos acontecerem!

A caminho da ponte antiga vão certamente passar junto à catedral, se tiverem interesse é uma boa oportunidade de fazer uma pausa a caminho da ponte.

Um dos pontos de interesse da catedral é o cemitério, cemitério oficial da familia real, onde está sepultado o pai do actual principe.

Edifício do Parlamento

Existem dois edifícios do parlamento, o novo e o antigo. E ficam junto um ao outro, ambos interessantes do lado de fora para fotografar numa praça muito agradável. Acho que passei ali algumas vezes para tirar fotografias.

A grande maioria dos pontos de interesse de Vaduz ficam na rua principal, sendo a cidade tão pequena, é normal que andemos para a frente e para trás a tentar descobrir coisas novas.

Praça e Edifício do Parlamento
Praça e Edifício do Parlamento

Tanto o edifício novo como a praça são obras do mesmo arquitecto, aliás, dá para perceber isso facilmente pelos matérias usados e harmonia. Foi inaugurado em 2008, e é a casa de 25 membros do parlamento. Sim, apenas 25 pessoas fazem parte do parlamento! Bastante proporcional ao tamanho do país, não?

Casa do Governo

A Casa do Governo é, na verdade, o antigo parlamento! Antes referir que existem dois edifícios do parlamento, mas oficialmente o antigo agora é designado como Casa do Governo. Hoje em dia funciona como centro administrativo do Liechtenstein, e é onde mantém os arquivos estatais.

Museu do País do Liechtenstein (Liechtensteinisches Landesmuseum)

Se a caminhada até ao castelo não for do vosso tipo de actividades, ou simplesmente quiserem conhecer ainda mais em detalhe sobre a história do Liechtenstein. Então o Museu do País do Liechtenstein é uma opção a considerar!

O museu conta a história do Liechtenstein desde os tempos medievais, desde julgamento de bruxas, à produção de dentes falsos (sim, isso é o que diz o site da Lonely Planet).

Museu dos Selos

Uma característica destes países pequenos é saberem aproveitar das coisas que os tornam raros. Moedas e selos são algo que podem ser uma fonte de rendimento bastante boa, principalmente para coleccionadores.

Booking.com

Com a chegada do correio electrónico, os selos deixaram de ser tão cobiçados, mas são parte importante da história do país. Aliás, da maioria dos país! Selos conta história, marcam eventos, comemoram pessoas. Apesar de hoje em dia poucos usam a correspondência tradicional, os selos são uma parte fundamental de uma carta. Por este e outros motivos, é que adoro enviar postais a amigos e família quando viajo! Que recordação melhor do que uma foto com um selo único enviada directamente do local que estamos a visitar?

Dito isto, se tiverem a oportunidade e tempo, não deixem de visitar este museu. E à saída, enviem uns quantos postais para quem vos é querido.

Câmara do Tesouro

E no mesmo edifício do Museu dos Selos encontra-se a Câmara do Tesouro. Excelente oportunidade para um dois em um, e ver de perto alguns dos tesouros do Liechtenstein e da família real. Incluindo armas de caça, prendas oferecidas à familia real, e até uma colecção de Ovos de Páscoa Russos dos tempos dos czares.

Onde deixar a bagagem em Vaduz?

Uma das coisas que pesquisei bastante antes de ir para Vaduz foi onde deixar a bagagem, e por incrível que pareça não encontrei nenhuma informação. Mas como ia passar o dia em Vaduz antes de seguir para a Suíça (onde passei a noite), do outro lado do rio, não me convinha nada andar o dia todo com bagagem às costas. Apesar de não ter levado muita coisa nesta viagem, depois de algumas horas a andar, o peso parece que aumenta…

Visitar Vaduz, a capital do Liechtenstein, num dia
Visitar Vaduz, a capital do Liechtenstein, num dia

E para responder a esta pergunta, SIM! Existem cacifos em Vaduz onde podem deixar a bagagem! Na praça na rua principal, onde estão muitos destes sítios que sugeri a visitarem. E tanto aceitam Euros como Francos Suíços. Existem é poucos cacifos, portanto dependendo da altura do ano poderá correr menos bem…

Onde ficar para visitar Vaduz?

Alojamento no Liechtenstein é algo caro, no entanto atravessando a fronteira e estamos na Suíça numa cidade muito menos turística e com oferta de alojamento. A apenas 10 minutos de autocarro e estão em Vaduz. Buchs é um local excelente para pernoitar, ainda para mais se o plano for para seguir viagem de comboio.

Em suma, um dia dá para conhecer Vaduz minimamente bem. É uma cidade muito pequena, mas muito interessante. Se quiserem explorar mais do Liechtenstein, então convém ficarem mais uns dias.

Onde fica Vaduz?

Vaduz fica no lado oeste do país, mesmo junto ao Rio Reno em fronteira com a Suíça.

Por Gil Sousa

Português emigrado em Cork, viajante e apreciador de boa comida.

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.