Visitar os Parques Nacionais da Califórnia

Infelizmente, ou felizmente, estamos a viver uma época em que o tema do ambiente é assunto bem mediático e já tem quase lugar garantido nos discursos da maioria dos políticos dos grandes países. Digo felizmente, porque é extremamente importante que se proteja o que nos dá vida, mas infelizmente pois muito mal já foi feito, e algum desse mal até já nem tem muita volta a dar…

Os Parques Nacionais têm um papel muito importante no que respeita à protecção do meio ambiente, mas até este conceito, de Parque Nacional, tem apenas pouco mais do que 200 anos. Em 1872 os Estados Unidos declaram o Parque de Yellowstone como Parque Nacional, a primeira área protegida por um governo no mundo todo. Claro que já existiam áreas protegidas, essencialmente por motivos de culto, mas este foi o primeiro reconhecimento oficial da necessidade de proteger uma grande área natural.

Parque Nacional Yosemite

Na Califórnia existem 9 Parques Nacionais, sendo o Parque Nacional Yosemite o mais conhecido de todos. Este foi declarado como área protegida desde 1864, mas só em 1890 foi declarado como Parque Nacional graças aos esforços de Robert Johnson e de John Muir.

Half Dome no Parque Nacional Yosemite
Half Dome no Parque Nacional Yosemite

Estive neste parque recentemente, e fiquei absolutamente maravilhado, valeu cada segundo lá passado. As caminhadas nos Parques Nacionais já fazem parte da cultura americana, é frequente combinarem retiros de fim-de-semana para visitarem um Parque Nacional, para onde vão fazer várias caminhadas para viverem a Natureza. Como bons turistas que somos, claro que tivemos de planear algumas caminhadas. Na verdade não planeámos nada…, apenas uma pessoa do nosso grupo se deu ao trabalho de pesquisar, e depois até nos separámos… Mas ainda assim, fizemos as nossas caminhadas que nos deram alguns anos de vida! Ou assim o espero…

Uma das caminhadas que fizemos é talvez a mais popular, quase em modo de escalada subimos por trilhos até à base da cascata superior da Cascata de Yosemite. Durante grande parte do percurso só vimos árvores, pedras e trilho… Mas a dada altura o horizonte disse-nos olá e nos presenteou com vistas fantásticas, como o Half Dome. Já bem cansados, e quase no final do dia, já equacionávamos voltar para trás, até que alguém nos disse que “é já ali”! Não era assim tão próximo, mas foi uma parte do percurso bem mais simples que nos levou até à base da cascata!



Booking.com

Encontre alojamento na zona do Parque de Yosemite

Uma das coisas que recomendo a terem em atenção quando visitarem este parque nacional, é quanto ao transporte. Nós ficámos presos em trânsito por algumas horas, e isto já dentro do vale. A quantidade de turistas é absurda, e muitos dos parques de estacionamento ficam dentro do vale, mas não são assim tantos quanto isso, o que dá origem a muita espera. Recomendo vivamente ou a irem bem cedo, ou a estacionarem o carro fora do vale numa das comunidades à volta e apanharem um autocarro para o parque, YARTS, em que o preço de entrada do parque estará incluída no bilhete do autocarro. Se tiverem a sorte de conseguirem um lugar dentro do parque, simplesmente deixem o carro nesse sítio durante o resto do dia, e aproveitem os autocarros gratuitos que nos levam aos vários pontos do vale. Para mais informações, recomendo a leitura deste documento.

Quanto a alojamento, nós ficámos fora do parque, numa pequena vila chamada Mariposa. Apesar de no mapa mostrar ficar bem do lado do parque, ainda é cerca de 1 hora de viagem até ao vale…, mas no dia seguinte fomos mais cedo e tivemos mais sorte com o estacionamento.

Visitar os Parques Nacionais da Califórnia
Visitar os Parques Nacionais da Califórnia

A caminhada do segundo dia foi melhor organizada, de factos começámos em grupo, mas a dada altura acabámos separados porque pessoas, como eu, ficaram para trás para tirar fotos… Fizemos o trilho da cascata Vernal Fall, em que parte do trilho é mesmo junto à cascata, o que se recomenda vivamente o uso de roupa impermeável…, coisa que não tínhamos… A minha metade do grupo acabou por não passar junto à cascata, encontrámos várias pessoas a voltarem para trás já todas ensopadas que nos disseram que as escadas junto à cascata estavam intransitáveis. No entanto, mais tarde nos encontrámos com as outras duas pessoas que “perdemos”, e eles fizeram essa parte quase sem problemas…, só demoraram uns 10 minutos até enxugarem por completo… Esta caminhada é menos “violenta” do que a caminhada pela cascata de Yosemite, mas tem algumas partes que requerem alguma resistência física.

Parque Nacional de Sequoia e Kings Canyon

Este Parque Nacional é um autêntico dois em um, e muitas pessoas assumem que se trata de dois parques nacionais, mas na verdade é uma área protegida em conjunto. Kings Canyon é um desfiladeiro na zona norte do parque, enquanto que Sequoia é a parte mais a sul, onde se encontram as árvores mais altas do mundo. É verdadeiramente surpreendente de ver, até custa a acreditar que existem árvores tão grandes.

Também visitei este parque, mas desta vez fui sozinho, como parte das minhas férias pelo Faroeste Americano. Aqui passei duas noites, e fiquei numa vila chamada Three Rivers, mesmo junto a uma das entradas do Parque na zona sul. Usei o AirBNB nesta estadia, a casa onde fiquei tem uma vista fenomenal, o anfitrião bastante simpático e passámos algum tempo a conversar sobre a vida na zona do Parque. Pelos vistos invasões por ursos não é assim tão raro, ele já teve algumas visitas inesperadas na casa dele…, mas nada de inseguro.

No primeiro dia, como vinha directamente de Cupertino, fiz apenas a parte sul do parque, sempre em direcção ao AirBNB. Fiz várias paragens em alguns pontos obrigatórios, como visitar os “generais”, são duas das muitas árvores gigantes no Parque. O General Grant e o General Sherman. E uma visita também ao Tunnel Log, um túnel escavado num tronco de uma sequóia caída. Numa das caminhadas que fiz passei por dentro de uma árvores caída, a percepção que temos ao ver as fotos em nada correspondem à sensação de lá estar e ver aquelas árvores, mas entrar “dentro” de uma faz-nos sentir tão pequenos e insignificantes…



Booking.com

Encontre alojamento na zona do Parque de Sequoia

Não sei se foi do facto de ter visitado este parque “na altura certa”, ou se é mesmo menos popular que o Yosemite, mas não tive problemas nenhuns com trânsito e estacionamento. E para quem tem mobilidade reduzida, os acessos estão muito bem planeados e pensados para quem precisa de usar uma cadeira de rodas, pelo menos reparei que nas atracções principais existem acessos alternativos para cadeiras de rodas, e claro, estacionamento exclusivo.

Na parque mais a norte fica o Kings Canyon, mas não sejam como eu e não se guiem pela relatividade de um mapa, para lá chegar ainda é preciso conduzir imenso… e é uma estrada sem saída, portanto tenham o regresso também em atenção, que conduzir ali de noite deve ser uma experiência interessante

Atravessar uma Sequoia Gigante
Atravessar uma Sequoia Gigante

Tive um pouco de azar com o Kings Canyon, parte do meu plano era fazer uma caminhada até a uma cascata, que fica mesmo no final da estrada. No entanto, com a chuva, tive de mudar de planos. Ainda perguntei aos Park Rangers se deveria arriscar, mas sugeriram-me a voltar para trás, seria uma caminhada de umas 4 milhas até à cascata e a previsão para o resto do dia era de ainda mais chuva…, sem qualquer muda de roupa, optei por seguir apenas a estrada e o rio vale acima novamente.

Outros Parques Nacionais da Califórnia

Do pouco tempo que estive na Califórnia apenas visitei os dois parques que referi acima, mas existem muitos mais. Na lista de Parques Nacionais constam também os parques:

  • Channel IslandsIlhas do Canal – No sul da Califórnia, não muito longe de Los Angeles
  • Death Valley – Vale da Morte – Já na fronteira com o estado de Nevada. Fazia parte dos meus planos iniciais, mas acabei por me desviar um pouco…
  • Joshua TreeÁrvore Joshua – Também bem perto de Los Angeles
  • Lassen Volcanic – Já bem no norte da Califórnia
  • Pinnacles – A sul de São Francisco, já a caminho de Los Angeles
  • Redwood – Outro dos parques nacionais mais populares dos Estados Unidos, e da Califórnia, que fica bem no norte perto da fronteira com o Estado de Oregon

Além dos Parques Nacionais, a Califórnia tem muitos outros parques de protecção estatal, em vez de federal, com várias categorias. Tais como Parques Históricos, Parques Estatais entre outras. Também visitei o Parque Mojave, que tem protecção a nível estatal, mas para isso irei escrever um artigo dedicado apenas a esse parque!

Dicas sobre os Parques Nacionais Americanos

General Sherman
General Sherman

Se faz parte dos vossos planos uma viagem por vários Parques Nacionais, então devem equacionar comprar um passe anual. Custa $80 USD, e dá acesso a todos os Parques Nacionais dos Estados Unidos, e realço o facto de ser válido para os Parques Nacionais e áreas Federais, este passe não é válido em Parques Estatais, como por exemplo, o Valley of Fire no estado de Nevada, onde tive de pagar para entrar 🙂

O passe compensa a partir do terceiro parque, e a partir daí é tudo grátis. A entrada individual (veículo) tem um custo de $30 USD, e por mais $50 USD recebem um cartão que vos irá dar entrada a todos os Parques Nacionais. É um excelente investimento para quem gosta de Natureza!



Booking.com

Encontre alojamento na zona do Parque de Death Valley

De realçar que o passe não é por pessoa, mas sim por carro. Isto é, o titular do passe tem de estar no carro, mas pode levar 3 pessoas consigo sem custo extra. O mesmo se aplica aos $30 USD, o valor é por veículo (motos são mais baratas).

Alojamento nos Parques Nacionais

Antes de sequer abrirem o site do AirBNB, ou qualquer outro site de alojamento, planeiem bem a vossa viagem! Alguns dos Parques Nacionais têm uma área quase tão grande como Portugal, mas as zonas mais populares ficam, por norma, numa área em específico. Vejam bem onde querem ir, e depois procurem alojamento nessa zona. Alguns dos Parques Nacionais até têm várias opções de alojamento dentro do próprio parque, desde campismo, caravanismo e até alguns hotéis mais rústicos. A nossa estadia no Parque Nacional Yosemite ficou a uma hora da zona que queríamos ver, e só isso condicionou um pouco os nossos planos. Lá está, falta de planeamento…

Passaporte para crianças

Nem sempre é fácil cativar as crianças a visitarem parques nacionais, hoje em dia com tantas distracções em casa, para quê ir para a rua? Não, não existe nenhuma fórmula mágica ainda, mas pequenos incentivos por vezes fazem toda a diferença. Os Parques Nacionais dos EUA têm um passaporte para crianças, em que podem carimbar o seu passaporte com o símbolo do parque que estão a visitar, e claro, o objectivo é terem tudo carimbado! Quantos mais Parques Nacionais visitarem, mais carimbos! Acho que é uma excelente iniciativa para as crianças, e quiçá, até para adultos?

Leis federais nos Parques Nacionais

Quando fiquei alojado junto ao Parque Nacional de Sequoia e Kings Canyon, o meu anfitrião explicou-me as leis estatais não se aplicam dentro dos Parques Nacionais, que se regem pelas leis Federais. Um dos exemplos que ele me deu é no que respeita a fumar marijuana, que na Califórnia é legal, mas a nível federal ainda não o é, portanto fumar marijuana dentro de um Parque Nacional da Califórnia é ilegal.

O uso de drones também está restrito dentro do espaço aéreo dos Parques Nacionais, salvo raras excepções. Vi avisos em relação a isso junto a todos os Centros de Visitantes que visitei, portanto não faltam alertas, mas de qualquer das formas convém estarem cientes disto no caso de quererem tirar alguns vídeos e fotografias aéreas…

Rota dos Parques Nacionais da Califórnia

A Califórnia tem 8 Parques Nacionais, e mais umas quantas reservas nacionais e federais, abaixo está um mapa dos Parques Nacionais da Califórnia como referência.

Como chegar à Califórnia?

Da Europa existem várias formas de chegar à Califórnia, Los Angeles e São Francisco são duas das principais cidades para onde existem voos directos de Londres, Dublin, Paris e outras cidades europeias, e com planos para uma rota directa desde Lisboa! Os preços obviamente que variam, consoante a companhia e a cidade de partida, mas dá para baixar ainda mais o valor da viagem recorrendo a transbordos em Boston, Nova Iorque e outras cidades da costa Este.

Depois da chegada, mais vale alugarem um carro. É certamente a melhor forma de se deslocarem dentro dos Estados Unidos da América! E claro está, não se esqueçam de se divertirem imenso, e de tirarem imensas fotos!

GuardarGuardar

GuardarGuardar

GuardarGuardar

GuardarGuardar

Gil Sousa

Português emigrado em Cork, viajante e apreciador de boa comida.

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: