O que visitar em Ohrid na Macedónia

Muito mais do que uma cidade na República da Macedónia (ou Antiga República Jugoslávia da Macedónia), Ohrid é Património Mundial da UNESCO! O que não falta são coisas em que visitar em Ohrid, é viver e respirar história numa cidade lindíssima.

Em português o nome da cidade também é traduzido como Ócrida ou Ocrida, curiosamente

Passear de barco no Lago Ohrid

Uma das principais experiências que recomendo é um passeio pelo lago Ohrid. O lago Ohrid é um dos maiores e mais antigos do Mundo, como os lagos Titicaca e Baical, e o mais profundo dos Balcãs.

O lago Ohrid é alimentado pelos lagos Prespa, e depois drena para o rio Drin Negro em Struga, uma cidade na margem norte do lago Ohrid.

Para passear no lago tanto dá usando o ferry ou ir num dos barcos em passeios privados, cerca de 5€ por pessoa. Qualquer uma das opções será uma experiência agradável, e algo a adicionar aos planos a que visitar em Ohrid.

Igreja dos Santos Clemente e Panteleimon

A igreja dos Santos Clemente e Pateleimo tem uma das vistas mais bonitas de Ohrid, quase em paralelo com o Mosteiro de São João Kaneo.

Igreja dos Santos Clemente e Panteleimon
Igreja dos Santos Clemente e Panteleimon

Os arqueólogos acreditam que a igreja fica no local onde os primeiros estudantes do alfabeto Glagolítico foram ensinados, a mais antiga lingua eslava que se conhece. Segundo os arqueólogos foi o próprio São Clemente que desenho e construiu a igreja, que foi usada para o ensino de glagolítico e cirílico para converter os eslavos ao cristianismo. Servindo como uma universidade.

Visitar o Mosteiro de São João Kaneo

Um dos símbolos da Macedónia, o Mosteiro de São João Kaneo é um dos locais mais fotografados do país. Sem sombra de dúvidas um sítio a visitar em Ohrid. O local onde está é lindo, com o lago Ohrid como pano de fundo e no topo de uma falésia. É uma oportunidade para tirar várias fotografias lindas, no entanto certamente pouco originais visto que é tão conhecido.

A igreja é dedicada a João de Patmos, que alguns dizem ser João, o Apóstolo. A data da construção da igreja continua desconhecida, no entanto existem documentos que detalham a existência da igreja no século XV. Os arqueólogos acreditam que a igreja foi construída antes do Império Otomano, provavelmente no século XII.

Tal como a data de construção, o nome do arquitecto que a construiu também continua desconhecido. Mas o estilo arquitectónico é bastante semelhante ao de igrejas da Arménia, em particular o tecto. Em 1964, durante trabalhos de restauração, foram encontrados frescos na cúpula da igreja.

Visitar o Antigo Teatro de Ohrid

O Antigo Teatro de Ohrid é o único teatro na República da Macedónia do período helenístico. Existem outros teatros antigos no país, mas já do período romano. E falando no período romano, este teatro foi usado, durante essa época, para lutas de gladiadores. Agora imagem o que é andar naquelas ruínas sabendo o que aconteceu ali há várias centenas de anos.

Antigo Teatro de Ohrid
Antigo Teatro de Ohrid

Mais curioso sobre este teatro são os motivos pelo estado de conservação em que se encontra. Durante o período romano não só foi palco de lutas de gladiadores, mas também de execuções de cristãos por parte dos romanos. Devido a estas execuções o local passou a ser detestado pela população local. Aquando o colapso do Império Romano o teatro foi abandonado e enterrado. Em 1980, por acaso, foi re-descoberto num estado extremamente bem preservado.

Passear pelas muralhas da Fortaleza do Tsar Samuel

A Fortaleza do Tsar Samuel é outro dos pontos mais conhecidos para visitar em Ohrid, fundada por volta do século X pelo Tsar Samuel da Bulgária. O Tsar Samuel usou Ohrid como capital do Primeiro Império Búlgaro.

Hoje em dia este monumento é um dos mais visitados da cidade. Teve grandes obras de restauro em 2003 onde reconstruíram do zero algumas muralhas. De acordo com algumas escavações recentes, foram encontrados vestígios de que esta fortaleza foi construída por cima de outra fortificação bastante mais antiga. Datada do século IV, provavelmente construída pelo rei Filipe II da Macedónia.

Passear pelo Bazaar de Ohrid

Para aqueles que gostam de compras, e até mesmo para os que apenas gostam de andar um pouco a pé, a zona do Bazaar de Ohrid é um excelente pretexto para conhecer um pouco mais da cidade.

No entanto, devido às lojas e à facilidade em passear na rua, por ser pedonal, é também uma das zonas mais movimentadas da cidade. Vários tipos de lojas, de recordações, gelados e alguns cafés são parte da oferta que se encontra na rua de São Clemente.

Booking.com

Hoje em dia são muitos poucos os edifícios do Bazaar original, mas ainda se encontram alguns. No final do bazar, numa pequena praça, encontra-se uma árvore (julgo que um plátano) quase milenar. Algumas fontes dizem que tem mais de 1000 anos, noutras fala em 900. Portanto vamos por “quase milenar”… E mais um ponto a visitar em Ohrid.

Explorar a zona antiga de Ohrid

Para quem não gosta de multidões, a zona antiga de Ohrid é uma excelente alternativa. Esta zona histórica fica numa das encostas da cidade, o que só por isso afasta muitos turísticas. Faz lembrar em muito a zona de Alfama em Lisboa, ruas estreitas de calçada e inclinadas. Algumas escadarias. Foi nesta zona que fiquei alojado, como tal tive a oportunidade de passar por várias dessas ruas por diversas vezes. E de facto, são poucos os turistas que se aventuram naquela zona.

A partir da zona do Bazaar, qualquer uma das ruas em direcção à colina dão para a zona antiga. Apesar de não parecer à primeira vista, é uma zona com muitos detalhes históricos, como arcos e algumas ruínas de fortificações antigas. Uma dos arcos mais bem preservados é a Entrada Superior (Upper Gate), um arco próximo do Antigo Teatro.

Ir à praia e nadar no lago Ohrid

E depois de muito andar por Ohrid, sabe sempre bem relaxar um pouco, e que sítio melhor que no próprio lago? A praia tem uma margem pequena, mas sabe bastante bem depois de um dia inteiro a andar. Pode é faltar lugar para deixar a toalha…

Passadíço em Ohrid
Passadíço em Ohrid

Como estava sozinho em Ohrid não deu para aproveitar bem a praia, estava com alguns pertences de valor (como a câmara) e tive algum receio de ir nadar deixando tudo para trás. A cidade parece ser bastante segura, mas não convém deixar coisas de valor à disposição do ladrão…

De realçar que se trata de um lago de água doce, a experiência é um pouco diferente de fazer praia no mar. Mas cuidado que o sol também queima…

Jantar junto ao lago Ohrid

E para finalizar o dia, jantar sobre as águas do Lago Ohrid é certamente um dos pontos altos da viagem. Tive a sorte de ficar com uma vista privilegiada, com uma noite linda e céu limpo. E o valor da conta? Bastante barato! Comi um peixe bastante grande (não me recordo o que pedi), e no final ficou em certa de 10€ com bebida e tudo.

Portanto não se acanhem, aproveitem a oportunidade de jantar com uma vista deliciosa a acompanhar um prato bastante saboroso!

Espero que aproveitem Ohrid ao máximo, e se já estiverem cometem com as vossas sugestões do que mais visitar nesta linda cidade.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.