A Rota Selvagem do Atlântico

O que é a Rota Selvagem do Atlântico? Provavelmente é apenas uma terrível tradução à letra de “Wild Atlantic Way”, mas foi a melhor forma que encontrei para traduzir isto sem soar demasiado ridículo ou incorrecto. Mas adiante, o que é isto? A “Wild Atlantic Way” é uma rota Atlântica pela costa da Irlanda, também a mais longa rota turística costeira do mundo. O nome “Wild”, que em português traduzi como “Selvagem”, deve-se ao facto de que esta rota não foi planeada para ser turística nem foi alterada para o mesmo propósito. É literalmente uma experiência autêntica e inalterada de um percurso costeiro pela Irlanda. Desde que comprei o carro já fiz grande parte da rota no sul da Irlanda, quase a zona toda de West Cork (parte do condado), a península de Beara, o Ring of Kerry, a península de Dingle e parte da rota até Galway. E do pouco que conheço, é simplesmente fantástico!

Sinalização

A rota está devidamente sinalizada com placas indicando o Norte e Sul da rota, e realço o facto de ser o Norte e Sul da rota e não geográfico pois a dada altura torna-se um pouco confuso para quem está a seguir as coordenadas geográficas como referência 🙂 A rota começa (ou acaba) na belíssima vila Kinsale, perto de Cork, e termina (ou começa) em Derry na fronteira com a Irlanda do Norte no condado de Donegal. A grande maioria das placas foram substituídas por placas bem identificadas de como parte da rota, com indicação de N e S, em alguns troços do percurso existem rotas paralelas ou alternativas, e desvios para fora da rota principal. O primeiro é logo o Old Head of Kinsale, que também está devidamente sinalizado. O governo da República da Irlanda fez um enorme investimento na substituição destas placas, ficando a cargo das entidades regionais o melhoramento das infra-estruturas.

Barley Cove Beach
Barley Cove Beach

Informação turística

Desde que descobri a Wild Atlantic Way que tento sempre aprender um pouco mais sobre esta magnífica rota, e se há algo bem documentado na Irlanda é esta rota! Uma simples pesquisa na internet por “Wild Atlantic Way” e encontra-se mesmo muita informação, é extremamente fácil planear uma viagem e saber exactamente o que visitar e onde ficar. A página oficial é acompanhada de uma aplicação para Android e iOS (irei também escrever uma critica sobre a mesma um dia mais tarde já escrita!), onde não só mostram o percurso em detalhe, como também têm sugestões de “pérolas escondidas”, locais onde ficar e comer, actividades, etc. A página oficial do turismo da Irlanda complementa a página dedicada à rota com sugestões de itinerários para secções da rota para fazer em alguns dias, ou para quem quer fazer a rota por secções (como eu quero fazer).

Em suma, esta rota é a opção ideal para quem gosta de road trips e vem visitar a Irlanda. Se têm tempo e preferem evitar o turismo tradicional, seguindo esta rota vão conhecer alguns dos locais mais bonitos da Irlanda e até passar por alguns locais a não perder, como o Cliff of Moher. E claro, aqui conduz-se do outro lado da estrada 🙂

Se já fizeram esta rota ou parte dela, que gostaram mais? Deixem um comentário com a vossa experiência.


Gostou do artigo? Adicione-o ao Pinterest!

A Rota Selvagem do Atlântico

Gil Sousa

Português emigrado em Cork, viajante e apreciador de boa comida.

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: