A rota pelos Balcãs

Agora que estou de regresso da minha viagem, e a todo o gás com tempo novamente para escrever, aqui vai o primeiro artigo da série da minha viagem pelos Balcãs. E o primeiro artigo, pós viagem, é sobre a rota e sobre os motivos que me levaram a escolher os locais por onde passei.

Croácia

Decidir onde ir na Croácia foi bastante fácil, voei para Zagreb para me encontrar com uma amiga, que é de lá, e deixei ao critério dela o que visitar e onde ir. Uma visita rápida por Zagreb, e depois rumo à costa para a zona de Šibenik por onde andámos uns dias. Fomos várias vezes à praia, aliás, a casa onde ficámos é literalmente em frente à praia, só tínhamos de atravessar a rua (que nem era movimentada). Fomos também ao Parque Nacional Krka, fantástico 🙂 Mais detalhes nos próximos artigos.

Bósnia e Herzegovina

Ir à Bósnia foi um misto de “erro” e “vontade“. Decidi ir a Mostar pela famosa ponte, no entanto o real motivo que me levou a ir à Bósnia foi o impacto cultural que esperava encontrar, e que de facto me surpreendeu imenso. Ainda não sei se foi um erro não ter ido a Sarajevo, muitos me dizem que deveria ter ido…, mas Mostar é de facto um local a visitar, bonito e cheio de história.

Montenegro

De todos os países por onde passei, este foi o que de facto sinto que visitei e o que mais gostei. Curiosamente usam o euro como moeda, mas não fazem parte da União Europeia, uma forma bastante inteligente de não terem de lidar com a desvalorização da própria moeda em casos de crise nacional. Visitei alguns parques nacionais, num país tão pequeno, e passei imenso tempo na magnifica vila de Kotor.

Rota pelos Balcãs
Rota pelos Balcãs

Albânia

A Albânia foi um dos improvisos da viagem, não fazia parte dos meus planos mas foi uma passagem estratégica a caminho da Macedónia (FYROM). O plano inicial passava por ir de Montenegro directamente para a Macedónia num autocarro nocturno, mas optei por fazer uma paragem intermédia em Tirana e fazer a viagem durante o dia para ter uma ideia do que é o país. Foi uma boa decisão, viagem mais tranquila e com alguns detalhes interessantes pelo meio 🙂

Macedónia (FYROM)

Macedónia, nome oficial de Antiga Republica Jugoslava da Macedónia, onde fiquei na antiga capital Ohrid junto ao lago com o mesmo nome. Como seria de esperar, a cidade transborda de história, com monumentos por todo o lado em que se nota as várias épocas históricas que passaram por aquela cidade. Aproveitei para relaxar enquanto estive naquela cidade, com um dia dedicado a estar no lago a apanhar banhos de sol e a nadar 🙂 Apenas me arrependo de não ter ficado num hostel, aquela cidade é cheia de vida, dia e noite.

Grécia

E de volta à minha amada Grécia! Não há muito a dizer sobre este país que tanto adoro, não faltam artigos neste blog a narrarem experiências que por lá vivi. Passei uma noite no norte da Grécia, passagem estratégica para não chegar demasiado cansado a Atenas, e mais uma noite em Atenas para ver amigos apenas. Como seria de esperar, valeu bem a pena 🙂

Gil Sousa

Português emigrado em Cork, viajante e apreciador de boa comida.

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: