Regresso ao Passado – VII

Já entrámos na época festiva, e como tal, nada melhor do que rever alguns momentos de quando o bichinho das viagens me começou a contaminar. A minha viagem para a Alemanha foi o primeiro passo, onde me apercebi do quanto gosto de viajar e onde quebrei alguns dos primeiros tabus, como viajar sozinho. Mas uma coisa é mudar-me para uma cidade, onde já tinha preparado de antemão onde ficar, mas fazer uma viagem sozinho com todas as incertezas do que pode acontecer… Isso sim, é um despertar para conhecermos melhor nós próprios, descobrir a nossa capacidade de improvisação e de desenrascanço.

Planos para o Interrail: Dresden – Lisboa

Reler este artigo faz-me sorrir, é bem evidente o medo que eu tinha com esta viagem. A quantidade de vezes que alterei este plano, e a quantidade de alternativas que procurei na eventualidade de algo correr mal. Basicamente, estava a corromper a possibilidade de me deparar com o inesperado, o que acabou por acontecer… Ainda tenho a mania de preparar uma viagem, mas já me deixei de tantos planos, faço apenas uma lista das coisas que quero ver e depois viajo ao encontro disso sem nada em concreto.

Roadtrip pelo norte de Espanha

Viajar com alguém que não conhecia pessoalmente, ficar em casa de estranhos, visitar locais novos. Todos os ingredientes para a grande aventura que o foi! Uma viagem quase expontânea que começou por uma brincadeira num fórum, e que acabou por se tornar numa realidade.

Salamanca
Salamanca

As primeiras 72 horas em Atenas!

Esta foi outra aventura para mim, sem bem saber onde me estava a meter, candidatei-me a um programa de estágios oferecido pelo Governo Português para jovens licenciados. Não tive poder de decisão no que respeita à empresa ou país, foi quase como que uma lotaria. Fui sozinho, mas encontrei-me com pessoas que mais tarde vim a chamar de amigos. Os primeiros três dias foram algo atribulados, mas agora tudo me fascinava naquela cidade que hoje tanto amo.

Gil Sousa

Português emigrado em Cork, viajante e apreciador de boa comida.

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: