Fim-de-semana em Thessaloniki

Hoje estou com falta de originalidade para títulos para artigos, como se os anteriores fossem muito originais, devido ao meu estado actual…

Primeiro fim-de-semana sozinho, visto que ia sozinho decidi que iria mesmo fazer couchsurfing, algo que tanto gosto e já tanto divulguei neste blog. Pedi sofá a várias pessoas, mas tive a sorte brutal de a primeira resposta positiva ser de 4 raparigas que vivem juntas…, e que curiosamente tinham uma festa programada para a noite que eu queria passar em casa delas.

Quem tem medo, compra um cão! Vi o perfil delas, li os feedbacks que lhes deixaram (apesar de serem poucos) e fiz o pedido! Atirei-me de cabeça, mais uma vez, numa aventura com desconhecidos que me valeu a melhor noite (e fim-de-semana) que tive até agora na Grécia! Mas vamos lá começar do inicio…

Decidi ir a Thessaloniki, contei ao meu colega de casa que ia a Thessaloniki e de imediato ele recomendou-me a apanhar o último comboio, cerca de 7 horas de viagem, para aproveitar a cidade ao máximo…, assim fiz, comprei um bilhete de ida e volta por 24,10€ para Thessaloniki, a cerca de 500kms de Atenas…

Arrumar as coisas, preparar-me para ir para a estação de comboios, a pé, e deparar-me com uma estação CHEIA de gente para apanhar aquele mesmo comboio…, curiosamente senti-me logo mais seguro naquele momento, viajar num comboio cheio de gente inspira-me mais confiança, no entanto…, aquela gente para se calar também é um bocado mais complicado, a pensar que ia conseguir dormir “bem” durante a noite e eram 2 da matina e ainda ouvia pessoal a falar ALTO…, mas depois vinguei-me bem…, acordei umas quantas vezes com o meu próprio ressonar, espero bem ter acordado muitos mais! 😀

Chegada a Thessaloniki…, impacto negativo, obras! Obras por todo o lado junto à estação! Fui para lá sem mapa, até o meu guia de turista deixei em Atenas, tinha apenas uma ideia para onde me dirigir e assim fiz, segui o meu feeling e evitei usar o GPS lá, tem mais piada conhecermos uma cidade quando nos perdemos nela!

Algures no meio de Salónica
Algures no meio de Salónica

Facilmente encontrei a marginal, andei vários quilómetros pela marginal, lentamente para desfrutar bem da paisagem à minha volta e daqueles pedaços de cidade. Fiquei com a sensação de que estava novamente numa cidade da Europa, ruas organizadas, passeios arranjados e largos, espaços verdes, zonas para pedestres com fartura e…, tudo limpo! Tudo o que Atenas não tem! As vezes em que me sentia mais perdido, era fácil localizar-me, chegava a uma paragem de autocarros e via o mapa que cada paragem tem…, isso existe em Atenas? Nãooooo, e é a capital…

Andei, andei, andei até que achei que já tinha andado demais, aí decidi usar o GPS e ver onde estava o centro da cidade…, ao que reparo que já tinha atravessado a cidade toda (pela marginal) e já estava num subúrbio! Voltar para trás, mas desta vez longe da marginal, altura de me perder a sério dentro das ruelas da cidade!

Até às 15:00 andei sozinho, não quis incomodar as minhas anfitriãs pois tinha consciência da preparação da festa, fiz várias paragens para beber café, ler (li bastante durante este fim-de-semana), almoçar (a famosa boa comida de Thessaloniki), enfim…, aproveitar os momentos sozinho, que por vezes sabem mesmo bem! Até fui ver dois museus 😀 Já fiz mais num dia em Thessaloniki do que em 11 meses em Dresden 😡

Chegada a casa das minhas anfitriãs, fantásticas! Preparação para a festa…, MUITA… Prognósticos para a festa…, EXCELENTE! (e foi) Passei o resto da tarde com elas, ajudei-as no que pude e tirei bastantes fotos lá 😛 Ver os outros trabalhar não é para qualquer um 😛 Pelas 17:30 tive de tirar uma soneca…, estava mesmo estafado…, pena o café não me ter deixado pregar olho durante aquele tempo todo….

Conheci outros dois couchsurfers que ficaram naquela casa também, um Americano que fala Português (e mais uns 300 idiomas) e um Francês que não larga a pronuncia francesa por nada deste mundo, até a falar grego se nota a entoação 😛 Mas para Francês, o gajo é bastante porreiro!

Hora da festa…, da GRANDE festa…, disseram-nos que esperavam cerca de 100 pessoas, o que é certo é que é provável que tenham sido mesmo cerca de 100 pessoas naquele apartamento! Festa multi-cultural, internacional, de amigos, de couchsurfing, de penetras (cof cof), sei lá do quê mais! Encontrei 2 brasileiros, 1 grego que fala BEM Português e dois alemães que falam também bem Português! Não era suposto termos um dos idiomas mais complicados? Como raio encontrei 4 estrangeiros a falarem Português? :O

Naquela noite tentei falar de tudo, adorei voltar a falar alemão! É daquelas coisas que me dá mesmo muito gosto fazer, principalmente com pessoal que não se ri dos meus erros, não se arma em arrogante quando mando calinadas, mas sim pessoal que está para se divertir e que sente um orgulho enorme em ver um estrangeiro tentar falar na língua deles! Acho que finalmente me apercebi que isto não é um Erasmus dois! Claro que Inglês foi a minha língua materna naquela festa, mas até Grego tentei falar 😛 Espanhol, Francês (nem sabia que ainda me lembrava de Francês), Inglês, Alemão e Grego…, a certa altura já dizia (não em Alemão-informal) quando queria dizer né (sim em Grego) numa conversa em Alemão…, bem, não vale a pena continuar a descrever isto, só tem piada para quem viveu aquilo 🙂

Festa privada em Salónica
Festa privada em Salónica

Para quem mal dormiu, pensei que às 2 da manhã estava K.O., eram 4 ou 5 da matina (com a hora nova já nem faço ideia) quando a Policia apareceu para acabar com a festa…, as minhas 4 anfitriãs tiveram de ir para a esquadra e dentro de uns 2 ou 3 anos têm de ir a tribunal…, segunda queixa por barulho…, também com 2 pisos CHEIOS de gente num prédio com mais habitantes…, mas nós continuámos a festa com o pessoal mais próximo das donas da casa…, não durou foi muito mais tempo…

Domingo, acordar cedo e ir conhecer mais coisas da cidade com o Francês, o gajo foi a Thessaloniki apenas para a festa 😛 Convinha dar uma de turista para disfarçar 😛 Ainda foram umas 2 ou 3 horas a passearmos pela cidade, deu para falar bastante e provavelmente até vamos começar a combinar algumas viagens em conjunto, estamos ambos para o mesmo, aproveitar a Grécia ao máximo!

Para os mais distraídos…, a hora mudou na noite de Sábado para Domingo…, pois meus caros…, se por algum motivo vocês sabem que a hora muda nessa noite e por acaso estão BASTANTE cansados, beberam algumas cervejas e algum vodca…, não mudem a hora do telemóvel…, por vezes o telemóvel muda sozinho…, eu nem sequer pensei qual seria a nova hora, curiosamente o Francês fez o mesmo disparate mas de uma forma mais cómica…, por sorte somos pessoas responsáveis e vamos uma hora mais cedo para a estação de comboios 😛 Durante a noite, eu olho para o telemóvel e vejo que mudou a hora automaticamente, e comentei com ele isso, o gajo olha para o dele e diz-me o mesmo e eu vejo menos uma hora que no meu…, fiquei baralhado e perguntei-lhe se tinha a certeza, ele garantiu-me que a hora tinha mudado para as 3 em vez de ser para as 4…, lá eu alterei o meu telemóvel de bem para errado 😡 Estivemos o dia todo com a hora errada na cabeça e a passearmos descontraidamente…, ao que ele se lembra de ir uma hora mais cedo para a estação para comermos alguma coisa lá. Ele vai ao WC e eu enquanto espero meto-me a olhar para os paineis dos comboios ao que noto um aviso de saída às 16:33 de um comboio para Atenas, segundo os nossos telemóveis ainda eram 15:30, olhei para o relógio da estação e também indicava 16:30…, Que raio? Mas eles não actualizaram a hora? Pensei eu, assim que o Francês saiu do WC disse-lhe aquilo e fomos logo ao balcão de informações perguntar, a senhora só nos diz “now now, is departing now” e fomos a correr para a plataforma, ele apanhou o comboio mesmo no último minuto!

Como o meu comboio foi só às 22:59, tive bastante mais tempo para passear, mas sempre em mente que a estação de comboios não tinha mudado a hora e a sentir-me um sortudo por ter ido à estação acompanhar o gajo, se não tivesse feito isso a esta hora estava a teclar de Thessaloniki…, continuei a passear pela cidade, ler mais um bocado, fazer tempo, comer um crepe salgado, passear mais um bocado…, e telefonar para as minhas anfitriãs para elas darem indicações ao taxista sobre como chegar a casa delas. Os taxis em Thessaloniki são um azul oceano, bem porreiros!

Ruinas de Anfiteatro em Salónica
Ruinas de Anfiteatro em Salónica

Voltei a casa delas e contei a situação estranha da estação de comboios não ter mudado as horas…, ao que elas me mostram a hora actual…, afinal a situação não foi estranha, nós é que fizemos uma borrada todo o tamanho e foi com muita sorte que nos safámos 😛

Saída de casa delas, até lanche e sumo me deram para a viagem, vou para a estação de comboios e entro no comboio que me iria conduzir nas próximas 7 horas…, acabei de ler o último livro do Harry Potter na viagem (tenho de arranjar outro livro para ler agora) e estava tão desconfortável que não consegui dormir nada de jeito…, chego a Atenas às 5:40 e entro em casa pelas 6:00…, esperar que a caldeira aquecesse a água e banhoca! 2 horas de sono e agora no trabalho, so far…, so good 😛 Ainda consigo escrever este post 😀

Moral da história 1) Não brincar com as definições do telemóvel durante uma festa

Moral da história 2) CONTINUAR a usar o Couchsurfing! 😀

PS: Tirei mais de 300 fotos só num fim-de-semana 😡 200 delas foram só no Sábado 😀


Gostou do artigo? Adicione-o ao Pinterest!

Fim-de-semana em Thessaloniki

Gil Sousa

Português emigrado em Cork, viajante e apreciador de boa comida.

4 thoughts on “Fim-de-semana em Thessaloniki

  • Março 30, 2009 at 6:30 pm
    Permalink

    Grande GRANDE Gil!! =)
    Quem me dera a mim ter tido a “coragem” de me aventurar sozinha pela Grécia! Tinha viajado muito mais e, de certeza, tinha conhecido essas pessoas multi-culturais que tanto falaste!

    Espero que te continues a divertir e a aproveitar a Grécia ao máximoooo!

    Beijinho,
    C12

  • Março 30, 2009 at 9:06 pm
    Permalink

    o pa.. loucura… couchsurfing é do belo.. 😉

    eu tb tenho de explorar aki a espanha, mas as coisas aki são mais caras.. e as distancias mt maiores… :S

    vamos la ver o k acontece.. eheh..

    Curte ai bues pk tb merecemos..

    abraço

  • Abril 1, 2009 at 4:28 am
    Permalink

    Gilão… Sim senhora, até pareces um homem feito a escrever assim, gostei de te ler 🙂

    Tenho só umas questões…

    – Cádê as fotos?
    – “acordei umas quantas vezes com o meu próprio ressonar” Só para dizer: LOL
    – “2 brasileiros, 1 grego (…) e dois alemães que falam também bem Português! (…) Como raio encontrei 4 estrangeiros a falarem Português?” Essas contas? Ou consideras o Grego como nacional? Português é a sétima língua mais falada do mundo… Tenta falar Mirandês ou Madeirense a ver se alguém te entende!
    😀 bjitx

  • Abril 10, 2009 at 3:18 pm
    Permalink

    Bela aventura, sim senhor!

    Também gostei bastante dessa do acordar com o próprio ressonar. Fez-me lembrar uma cena de Family Guy. LOL

    E sim, era giro ver fotos e tal.

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: