Um dia no Santuário de Vida Selvagem Featherdale

Há uns tempos, quando ainda estava em viagem pelo outro lado do mundo, escrevi um artigo sobre o Parque de Vida Selvagem Featherdale. Na verdade é mais um santuário do que um parque, pois fomentam a recuperação de algumas espécies ameaçadas e a exposição para com o publico é apenas um mal necessário para obterem mais fundos.

Para quem quer tirar fotografias de animais selvagens da Austrália, a uma distância de segurança, estes santuários são um lugar bem adequado. E até podem tirar algumas selfies bem engraçadas com alguns dos cangurus que já estão mais do que habituados aos visitantes.

No que respeita a fauna terrestre, pode-se encontrar tudo sobre a Austrália neste parque, animais de todos os estados inclusive Tasmânia (como dá para ver no vídeo abaixo). Alguns animais estão mais isolados, outros podemos até tocar e alimentar, como os cangurus ou os koalas. Mas claro, sempre com o devido controlo e respeito.

Este é o meu segundo vídeo da minha viagem na Austrália, demorou um pouco mais tempo a preparar, mas aqui está ele, finalmente! Espero que gostem, e seria fantástico se deixassem a vossa opinião na secção de comentários abaixo 🙂

Onde fica o Santuário de Vida Selvagem Featherdale?

A melhor forma de lá chegar é via comboio até à estação de Blacktown. Já fica bem fora de Sydney, portanto há que ter em atenção às tarifas para evitar multas. Da estação de comboio é só apanhar um autocarro, por via das dúvidas é melhor perguntar qual o autocarro que vai para o parque, quando eu o visitei tinham alterado as rotas e isso causou alguma confusão a outros turistas que chegaram antes de mim. Para informações mais detalhadas, o ideal será mesmo consultar a página do Parque. No entanto, é mesmo muito simples lá chegar, não irá encontrar qualquer dificuldade.


Gostou do artigo? Adicione-o ao Pinterest!

Um dia no Santuário de Vida Selvagem Featherdale

Gil Sousa

Português emigrado em Cork, viajante e apreciador de boa comida.

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: