Conhecer Auschwitz – Os campos da morte

Esta semana cumpri (finalmente) mais um dos meus objectivos de Eramus, ir a Auschwitz!

Quem procura encontrar algo deprimente, recomendo vivamente a irem no Inverno pois na Primavera de deprimente só mesmo a história e se imaginarem o que as pessoas passaram lá, achei demasiado “tourist oriented“. Árvores bem arranjadas, relva, entrada toda arranjadinha…, até vi pessoal a fazer uma merenda à entrada…

Auschwitz 1
Auschwitz 1

Esta é a descrição de Auschwitz I, o centro administrativo de todo o complexo, no entanto apesar de ser o centro administrativo também era palco de torturas e afins, neste mesmo complexo vimos parte de um documentário filmado na época, imagens reais da libertação de prisioneiros e do estado de muitos deles…, esta foi a única parte que realmente me fez ficar incomodado, não é lá muito agradável ver o estado de algumas crianças sobreviventes de torturas e afins…

Em Auschwitz I o guia é totalmente dispensável, existem letreiros por tudo quanto é lado a explicar tudo e salvo erro a entrada é gratuita, no entanto fui sempre com guia o que acabou por me valer a pena em Auschwitz II – Birkenau, aí não há qualquer tipo de orientação e um guia é indispensável.

Auschwitz II - Birkenau
Auschwitz II – Birkenau

Em contra partida, em Auschwitz II as coisas foram um bocado mais realistas…, no entanto a desvantagem foi mesmo o factor Primavera…, não havia o relvado de Auschwitz I mas havia o ervado característico da Primavera. Fiquei um bocado decepcionado com o que vi, ia com a ideia pré-concebida de que iria ver algo bem depressivo e no entanto acabei de ver uma zona bem cuidada para o Turista poder ver.

Claro que não esperava encontrar lá exemplificações de extermínio em câmaras de gás nem de ver pessoal a trabalhar, esperava sim encontrar algo bem menos tourist-oriented…, espero lá voltar num Inverno, aí sim deve ser deprimente. Não é que goste de ver coisas deprimentes mas gosto de saber que estou a ver algo mais próximo da realidade possível.

Uma vantagem de só ter ido agora a Auschwitz foi agora já ter (embora que reduzidos) conhecimentos de Alemão, de facto tem outro interesse poder compreender (nem que seja em parte) algumas das coisas escritas nas paredes das cavalariças onde os prisioneiros dormiam, a interpretação de meia dúzia de letras tem outro sentido…

Fiz também uma curta passagem por Krakow onde encontrei alguns Erasmus de Dresden também de visita a Cracóvia, foi uma surpresa bastante agradável 😉 Sobre a cidade pouco posso falar, mal tive tempo para a visitar mas quem sabe um dia lá regresse 🙂


Gostou do artigo? Adicione-o ao Pinterest!

Conhecer Auschwitz - Os campos da morte

Gil Sousa

Português emigrado em Cork, viajante e apreciador de boa comida.

2 thoughts on “Conhecer Auschwitz – Os campos da morte

  • Junho 6, 2008 at 12:16 pm
    Permalink

    NAZI!

  • Junho 27, 2008 at 1:49 pm
    Permalink

    Também gostava de lá ir um dia e se for quero mesmo ir no Inverno…tá visto que ir noutra altura do ano o lugar perde parte da sua piada.

    Obrigado pela dica.

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: